1. 0
« »

Audiência Pública na Assembleia discute violência em Betim

Foto: Alexandre Almeida/Assessoria Foto: Alexandre Almeida/Assessoria Iniciativa de discutir o problema partiu da deputada Ione Pinheiro e do deputado Ivair Nogueira

Com cerca de 200 homicídios por ano, Betim figura como a cidade mais violenta de Minas Gerais e, consequentemente, uma das mais inseguras do Brasil. Para discutir o problema e encontrar soluções a deputada Ione Pinheiro e o deputado Ivair Nogueira assinaram um requerimento que resultou na realização da audiência pública na terça-feira, dia 24 de maio.

Durante a audiência, a deputada Ione Pinheiro fez críticas à paralisação da obra de um batalhão da PM na cidade e, junto a outros parlamentares e convidados, reivindicou a criação de um Centro de Internação Provisória para Menores Infratores, inclusive por meio de requerimento. “O alto índice de crimes cometidos no município de Betim é preocupante. Para se ter uma ideia, a cidade registra uma média de 50 homicídios a cada 100 mil habitantes, o que faz com que a média de homicídios na cidade seja maior que a média nacional. Para reverter a situação é preciso esforço conjunto das polícias e também que o Governo de Minas aumente o efetivo policial”, ponderou Ione.

Participaram da audiência a delegada Ana Maria; do secretário municipal de Segurança Pública, Luiz Flávio Sapori; a presidente da Subseção Betim da OAB, Erlinda Maria da Silva; o juiz Leonardo Antônio; do delegado Álvaro Huertas; o tenente-coronel de Polícia Militar, Luciano Washington Vivas; a professora Cássia Simone, representando as escolas estaduais de Betim; o assessor-chefe da SEDS, Vladimir Correa; a vice-presidente da Câmara de Betim, Klebinho Rezende; e os deputados Sargento Rodrigues, João Leite, Ivair Nogueira, Cabo Júlio e Paulo Guedes.