1. 0
« »

Plenário da Câmara dos Deputados opta pelo prosseguimento do processo de impeachment contra Dilma

O Plenário da Câmara dos Deputados optou, em votação realizada no domingo, 17 de abril, pela autorização do relatório favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff por crime de responsabilidade. Foram contabilizados 367 votos de deputados favoráveis, 137 contrários e 7 abstenções. A sessão de votação durou cerca 6 horas, mas todo o processo de discussão e votação do impeachment, iniciada na sexta (15) consumiu quase 53 horas.

No Senado
Com o resultado definido, o parecer que recomenda a investigação contra a presidente Dilma Rousseff segue para o Senado Federal, onde será constituída uma comissão especial para decidir se confirma, ou não, o pedido de abertura de investigação. Caso seja aprovado por 41 senadores, a presidente será afastada do cargo e julgada pelo Senado. Uma eventual condenação, que depende do aval de 2/3 da Casa (54 senadores), tira Dilma do cargo e a torna inelegível por oito anos.