1. 0
« »

A LUTA DAS MULHERES: Brasil é o quinto lugar mundial em assassinato de mulheres

Os dados do estudo "Mapa da Violência 2015: Homicídios de Mulheres no Brasil" apresentaram uma triste realidade em nosso País. Em um grupo composto por 83 países elencados pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil figurou na 5ª posição no ranking global de homicídios de mulheres, atrás apenas de El Salvador, Colômbia, Guatemala e Rússia. A pesquisa foi realizada pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), a pedido da ONU Mulheres.

O Mapa da Violência 2015 apontou ainda, com base em dados de 2013 do Ministério da Saúde, que a violência doméstica e familiar são as principais formas de violência letal praticadas contra as mulheres no Brasil. A cada sete homicídios de mulheres, quatro foram praticados por pessoas que tinham relações íntimas de afeto com a vítima. Uma pesquisa do Ipea, que avalia a efetividade da Lei Maria da Penha, apontou que a Lei nº 11.340/2004 fez diminuir em cerca de 10% a taxa de homicídios contra mulheres praticados dentro das residências das vítimas.

Com base no estudo, foi possível também apontar as características das mulheres que sofreram violência. Em dez anos, o número de mortes violentas de mulheres negras, por exemplo, aumentou 54% passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013. Em contrapartida, no mesmo período de dez anos, a quantidade anual de homicídios de mulheres consideradas brancas diminuiu 9,8%, caindo de 1.747, em 2003, para 1.576, em 2013.