1. 0
« »

Hospital referência em pediatria apresenta problemas, e deputada Ione Pinheiro cobra providências

Foto: Clarissa Barçante/ALMG Foto: Clarissa Barçante/ALMG Parlamentar mineira encaminhou requerimento solicitando apuração das denúncias de irregularidade no Hospital João Paulo II

Um dos principais centros pediátricos de Minas Gerais pede socorro. Localizado na área hospitalar da capital mineira, o Hospital Infantil João Paulo II apresenta problemas graves, como infraestrutura precária, escassez de insumos, falta de profissionais e até invasão de escorpiões, decorrente do acúmulo de entulho das obras no hospital. Preocupada com a situação, a deputada Ione Pinheiro (DEM) cobrou providências da Secretaria Estadual de Saúde quanto à apuração das denúncias e agilidade na conclusão das obras de expansão e qualificação, já iniciadas.

Em junho deste ano, veículos de imprensa mineiros denunciaram a situação preocupante em que o Hospital se encontra. Além da presença dos escorpiões, o antigo Centro Geral de Pediatria convive com a falta de profissionais, com a burocracia de gestão pública, além da escassez de insumos básicos para consultas e casos de urgências como roupas para cirurgias.

As informações veiculadas dão conta que a infraestrutura do local está sucateada: paredes sem reboco; portas velhas; ambiente sem ventilação, limpeza e assepsia são situações encontradas na unidade médica. A parlamentar Ione Pinheiro reclamou soluções para o caso: “Um hospital que é referência de atendimento às crianças não pode se encontrar nesse estado. É uma falta de respeito com as famílias e com os servidores da unidade”, reivindicou Ione.

O Hospital João Paulo II é referência estadual no atendimento a crianças e pré-adolescentes. Possui especialidade em clínica médica, fisioterapia, terapia ocupacional, psicologia, fonoaudiologia, terapia nutricional e serviço social. Além disso, há pronto atendimento 24h e em urgências pediátricas, doenças neuromusculares e infectocontagiosas.